Câmara realizará audiência pública para debater fraternidade e políticas públicas

por DRIELY PINOTTI publicado 02/04/2019 11h05, última modificação 02/04/2019 11h08
02 de Abril de 2019

O incentivo da participação da sociedade em políticas públicas será tema de uma audiência pública, que será realizada nesta quinta-feira (04), pela Câmara Municipal de Primavera do Leste. A proposta do evento é abordar meios para a participação do cidadão na construção e acompanhamento das diversas políticas públicas.

A temática, além de ser o centro de discussão da audiência, também é abordada pela Campanha da Fraternidade 2019, desenvolvida no período da Quaresma. Com essa ação, a Igreja Católica busca chamar atenção dos cristãos e população para o tema das políticas públicas e ações desenvolvidas pelo Estado, a fim de garantir e colocar os direitos previstos na Constituição Federal e em outras legislações.

Para o vereador Juarez Barbosa (PDT) a audiência será o momento de fazer uma reflexão para o atual momento em que vive nosso país e, salientou a importância de fortalecer a interação entre sociedade civil e órgãos públicos, na efetivação das políticas públicas aplicadas no município. “Essas ações pertencem a todos, por isso, é dever de todos a participação na elaboração e concretização de políticas públicas que visam o bem comum”, comentou o autor do Requerimento proposta à Câmara Municipal para realização do encontro.

A vereadora Iva Viana (PDT), que também é autora da propositura, afirmou que o encontro também visa discutir e construir lutas pelos direitos já garantidos pela Constituição Federal. “Precisamos trazer reflexão para o atual momento em que o país vive, por isso, é muito importante à participação de toda comunidade. Isso porque, a audiência pública é um instrumento de efetivação dos direitos”.  

O presidente da Câmara, Paulo Márcio (DEM) reforçou a importância do evento sobre a ótica de que: “a política é a busca de realizar ações que ajudem a integração de todos na sociedade. É o cuidado e a luta para o bem comum. É com essa perspectiva que vamos debater temáticas de incentivo da participação da comunidade”. A audiência pública ocorra, ás 19h, no plenário da Câmara Municipal.