Vereadora Carmen Betti fala das ações desenvolvidas pela Sala da Mulher

por DRIELY PINOTTI publicado 21/02/2019 09h04, última modificação 21/02/2019 09h04
21 de Fevereiro de 2019

A vereadora Carmen Betti (PSC) comentou das ações desenvolvidas pela Sala da Mulher e, da audiência pública que será realizada para debater políticas públicas voltadas ao público feminino. Ela ainda falou de duas reuniões organizadas pela bancada feminina, com a presença de representantes de instituições, entidades e poder público. O objetivo desses encontros foi somar esforços para desenvolver ações; não apenas no mês de março, destinado ás mulheres, mas que sejam efetivas e duradouras, apontando alternativas e buscando meios de qualificar a atuação da rede de apoio ás vítimas de violência, além de discutir temáticas ligadas a construção de uma sociedade mais justa e igualitária, em que as mulheres possam sejam vista com igualdade.

“Esse ano estamos com uma agenda extensa de ações para o mês de março. Estamos trabalhamos de forma diferente, buscando parceria com todas as entidades que desenvolvem um trabalho em prol da mulher. Vamos travar uma luta em beneficio da mulher primaverense, porque quando se fala em mulher, se fala em família”, comentou – “Estou feliz com o trabalho que a bancada feminina tem realizado. Teremos a audiência pública voltada às mulheres, momento em que vamos colher propostas boas, para lutar pela efetivação”.

Na oportunidade, ainda durante seu discurso na última Sessão Ordinária desta segunda-feira, 18, a parlamentar informou as famílias do Vale Verde sobre que a escola da Nova Poxoréu. "Essa unidade é estadual. Ela vai atender do 1º ao 9º. Dentro desse contexto, a educação infantil e o ensino médio, será responsabilidade do município de Primavera do Leste, bem como o transporte desses alunos”. Carmen Betti ainda salientou que os alunos do 1º ao 9º ano só poderão ser matriculados nas unidades escolares de Primavera do Leste, mediante declaração da escola alegando que não existe vaga.

Saúde

Defensora de uma saúde de qualidade, a vereadora Carmen Betti, ainda durante seu discurso em tribuna, falou de uma importante reunião em que participou na Unidade de Pronto Atendimento (UPA).Segundo ela, servidores que concluíram uma qualificação no Hospital Sírio Libanês, apresentaram um projeto de Núcleo de Segurança, que será implantado na unidade. “É um projeto lindo e existem várias metas, o que pode torna a UPA uma referência. Um dos itens que me deixou encantada é o prontuário eletrônico que proporcionará mais informação ao paciente e profissional. Ela ainda colocou seu gabinete à disposição para auxiliar a construção de uma saúde de qualidade.