Vereadores aprovam projeto de fomento ao esporte

por DRIELY PINOTTI publicado 26/03/2019 12h20, última modificação 26/03/2019 12h20
26 de Março de 2019

Os benefícios proporcionados pelo esporte à sociedade são incalculáveis. A presença da prática esportiva no cotidiano da humanidade estabelece um papel importante nos problemas sociais, principalmente, como instrumento de transmissão de valores e relação social. Foi com esse pensamento que a Câmara Municipal aprovou, na sessão ordinária desta segunda-feira (26), o Projeto de Lei 934/2019, que visa à criação e manutenção de seleções esportivas municipais.

O objetivo da matéria, além de garantir que o município seja representando de forma oficial em eventos esportivos no âmbito estadual e nacional, é incentivar jovens e adultos ao desenvolvimento da prática esportiva.

As seleções municipais serão nas modalidades de futsal, handebol, voleibol, basquetebol e rúgbi.  Cada uma das modalidades previstas na legislação poderá contar com uma seleção masculina e uma seleção feminina. Elas serão compostas por atletas residentes em Primavera do Leste, com idade superior a 18 anos.

Para o presidente Paulo Márcio (DEM) essa iniciativa é mais uma forma de incentivar e fomentar a prática esportiva. “Me preocupou o fato de se tratar de uma legislação que atenderá somente atletas com idade superior a 18 anos. Também achei interessante acrescentar o futebol, que é uma paixão nacional, não desmerecendo as outras modalidades, mas não foi o mesmo entendimento dos vereadores. Sou favorável a essa matéria por entender a importância.  Respeito o critério do prefeito em relação a escolha das modalidades e parabenizo o Executivo Municipal por essa iniciativa”.

O líder do prefeito, o vereador Manoel Mazzutti Neto (MDB) salientou que um município não se faz somente de trabalho, empreendedorismo e eventos culturais, mas também se constrói pelo esporte. “Dentre outros benefícios que traz ao município, o esporte afasta criança de situações de risco e, com isso, pode traçar um destino diferente. Além disso, a prática esportiva leva o nome da nossa cidade para todo o país e, por isso, é preciso estar representando pelos melhores atletas”, afirmou.

A vereadora Edna Mahnic (PT) reafirmou a importância do PL e mencionou que é preciso levar público aos ginásios de esporte. “Precisamos fazer com que a população tenha gosto pelo esporte e participe desses momentos de interação e lazer”.

Segundo a vereadora Carmen Betti (PSC) esse é um projeto relevante e uma conquista da classe esportiva que há muitos anos luta por esse apoio. “Com aprovação estamos dando legalidade para que o município possa patrocinar seleções oficiais, em relação às despesas, equipamentos, uniformes, pagamento de inscrição; entre outros”.

Os parlamentares Miley Alves (PV) e Carlos Instrutor (PSD) criticaram o artigo 4º da propositura, em que estabelece que a “escolha dos atletas que comporão as Seleções será realizada mediante livre escolha da Secretaria Municipal de Esportes, mediante comissão escolhida especialmente para este fim”. O vereador Carlos Araújo (PP) reforçou que por se tratar de uma seleção oficial têm que ser escolhidos atletas que são destaques no município.

Concordando com este pensamento, o vereador Luis Costa (PR) afirmou que é bastante procurado por atletas que, sem apoio financeiro, enfrentam dificuldade em participar de competições.